Novo design é assinado pela Agência Woau! Resenha - Veneno Filmes - X-men - Clube de compras Dallas Resenha - Feita de fumaça e osso
16

[ FILME ] Bling Ring: A Gangue de Hollywood


Depois de muitos desencontros e desacertos, finalmente consegui ver Bling Ring: A Gangue de Hollywood. Confesso que já não estava tão empolgado com o filme, afinal li muitas criticas negativas ao roteiro e ao comportamento dos personagens. Mas uma coisa continuava a me empurrar em direção a ele: Hermione Granger Emma Watson. O que achei? Confiram abaixo.

Sinopse:

Nicki (Emma Watson), Marc (Israel Broussard), Rebecca (Katie Chang). Sam (Taissa Farmiga) e Chloe (Claire Julian), entre outros jovens de Los Angeles têm em comum uma vida meio vazia, de pais ausentes, como Laurie (Leslie Mann), mãe de Nicki, que não tem a menor noção do que as filhas estão fazendo nas ruas, durante o dia e, pior, durante a noite. Fascinados pelo mundo glamuroso das celebridades das revistas, como Paris Hilton, e artistas como Kirsten Dunst, o grupo começa a fazer pequenos assaltos na casa dessas pessoas, quando descobrem que entrar nas residências deles não é nada difícil. Cada vez mais empolgados com “os ganhos”, o volume dos saques desperta a atenção das autoridades, que decidem dar um basta nos crimes dessa garotada sem limites. Baseado em fatos reais.

Opinião:



Acredito que a maioria aqui já viu esse filme. E até mesmo os que ainda não viram, já conhecem de cor a história da Bling Ring, a famosa gangue formada por cinco jovens que invadiam e roubavam a casa de celebridades de Hollywood. Por isso não me estenderei sobre o enredo.

O grande sacada do filme é a presença da Emma. E como disse lá em cima, esse foi o motivo principal para eu vê-lo. Estava curioso para saber como ela se sairia em um papel tão diferente da Hermione Granger, personagem que a consagrou. O que posso dizer é que ela está incrível. Sua interpretação é tão realista que cheguei a desgostar da Nicki. Uma personagem fria e fútil, que buscava apenas glamour e se aproveitar de tudo e todos ao seu redor.

Os demais participantes da Bling Ring não fogem a essa regra. Sinceramente fiquei chocado com a atitulde daqueles jovens. Eles eram bonitos, descolados, glamourosos e completamento vazios. As meninas poderiam ser todas resumidas a uma. Indênticas na personalidade. O único que me despertou uma ponta de com compaixão foi o Marc. Ele ficava tenso a cada roubo, paranóico mesmo. E acredito que apenas continou praticando aqules delitos por medo de perder a amizade da Rachel. Mas não se enganem, não tento com isso justificar as ações dele. Meu objetivo é apenas mostrar que entre todos os envolvidos ele foi o único a mostrar algum tipo de remorso.

Agora o que realmente me chocou foi a ausência da familia desses jovens. Todos eles ainda moravam com os pais. Os "ganhos" eram levados para casa. Escondidos sob a cama ou deixados a vista mesmo. E ainda assim eles não enxergaram que havia algo errado. E quando tudo vem a tona, alguns ainda ajudam a reforçar a mentira e o cinismo dos filhos. Ou Seja, dá até para entender de onde vem a superficialidade da Bling Ring.


O filme tem um formato um pouco diferente do usual. Em diversos momentos ele integra cenas sem diálogos e algumas partes no estilo documentário. Eu gostei desse diferencial, mas não foi o suficiente para o colocar entre meus preferidos. O roteiro tem alguns cenas um pouco lentas e repetitivas, e isso pesou negativamente.

Enfim, a obra é super válida pelas críticas feita ao consumo desenfreado e a influência que o estilo de vida das celebridades exerce sobre os jovens. Para quem ainda não viu, eu recomendo, apenas assista sem grandes expectativas.

16 comentários:

  1. Realmente o destaque é a Emma! Assim como você eu senti um pouco de pena do Marc! Rsrsrs...

    Bjs, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bela,

      Verdade, a Emma rouba a cena.

      Abraços!

      Excluir
  2. Não vi o filme e na verdade nem conhecia o enredo, só título mesmo. Mas esse mundo fútil assusta mesmo.

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi,

      Assusta si. Chega ser ate imcompreensível.

      Abraços!

      Excluir
  3. "Sua interpretação é tão realista que cheguei a desgostar da Nicki" exatamente! Kkkk Emma rocks! Concordo sobre o Marc, ele foi o único com um pingo de moral ali, não no sentido de estar certo, mas de reconhecer seus erros e se arrepender. Tivemos opiniões bem parecidas :D mas acho que você ainda curtiu um pouquinho mais que eu hehe

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mandy,

      Eu curti sim, acho que foi pela Emma. Depois de até sentir raiva dela na pele da Nicki, concluí que ela pode fazer qualquer papel que quiser.

      Abraços!

      Excluir
  4. Jeferson, se eu fosse assistir seria pela Emma também. Eu nem conhecia a história e nem tinha me interessado muito. Minha irmã foi assistir no cinema sábado e não ficou tão empolgada depois também. Até posso assistir, mas não é prioridade.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kell,

      Pois é, vale a pena pela interpretação da Emma. Algumas partes são até legais, mas no geral o roteiro é bem parado.

      Bjs.

      Excluir
  5. Oiii!!
    Ainda não vi ao filme, nem li o livro, mas tenho curiosidade :P
    Beijos

    Elidiane
    Leitura entre amigas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elidiane,

      Veja quando puder. Não classificaria como um filme imperdível, mas acho que vale a pena assistir.

      Abraços!

      Excluir
  6. Ei Jeferson

    Este eu quero assistir ao filme, pq acho que não vou ler mesmo rs. Mas ainda não tive a oportunidade, apesar que já peguei birra deste pirralhos ,kkkkk

    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nanda,

      Nem fale. Oh raça fútil viu, kkkkkkk.

      Abraços!

      Excluir
  7. Oie Jeferson =)

    Ainda não tive oportunidade de assistir ao filme e nem de ler o livro, mas confesso que tenho uma curiosidade maior pelo filme rs... Espero poder assistir ele em breve.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ane,

      Sim, assista quando puder. Não chega a ser um filme extraordinário, mas acho que é algo que vale a pena ver.

      Abraços!

      Excluir
  8. Oiee =)
    queria ler esse livro, depois de algumas resenhas, resolvi optar por ver o filme, algo que ainda não fiz, depois da tua resenha quero ver mais que nunca.
    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Máh, veja sim, mas vá com expectativas moderadas.

      Abraços!

      Excluir

Olá, obrigado pela visita!!!