Novo design é assinado pela Agência Woau! Resenha - Veneno Filmes - X-men - Clube de compras Dallas Resenha - Feita de fumaça e osso
21

RESENHA - O Lorde Supremo ; Trudi Canavan


Título Original: The High Lord
Série: A Trilogia do Mago Negro
Gênero: Fantasia
Autor: Trudi Canavan
Ano: 2012
Editora: Novo Conceito
Número de páginas:  624
Nota pessoal:  4/5
 
Ao contrário de outras séries que começam bem e acabam decaindo a cada livro lançado, A Trilogia do Mago Negro me surpreendeu positivamente a cada volume. O começo do primeiro livro foi parado, mas da metade em diante pegou ritmo. O segundo devorei em apenas alguns dias. E hoje falarei do ultimo volume dessa trilogia. Com vocês O Lorde Supremo de Trudi Canavan.


Em O Clã dos Magos conhecemos Sonea, uma menina pobre e órfã que vivia nas favelas de Irmandin com os tios. Até o dia em que ela, sem querer, atravessa uma pedra pela barreira de proteção dos magos durante uma cerimônia pública, ferindo um deles na têmpora. Os magos resolvem encontrá-la, mas o Clã nunca fora bem visto pelas classes mais baixas e Sonea foge, incitando uma caçada pelo seu paradeiro. Contudo, quando ela perde o controle sobre seus poderes, não vê alternativa a não ser juntar-se ao Clã.

Já em A Aprendiz Sonea começa seu treinamento no Clã. Ela não esperava ser bem aceita pelos outros colegas, todos membros da nobreza de Irmandin. No entanto, tão logo começam as aulas Sonea descobre que a situação seria bem pior do que imaginara. Influenciados por um garoto arrogante, ela se torna alvo de constantes chacotas dos demais aprendizes. E essa nem é sua pior preocupação. Enquanto fugia dos magos após descobrir ser portadora de magia, Sonea presenciou um estranho ritual realizado pelo líder do Clã, o Lorde Supremo Akkarin. Naquele momento ela não sabia, mas o que vira era uma cerimônia de magia negra, uma prática expressamente proibida pelo seu caráter letal e punível com a execução do usuário. Logo que Akkarin descobre que Sonea conhece seu segredo, ele a toma como sua favorita, visando mantê-la sob constante vigilância.
A partir daqui pode conter SPOOLER para quem ainda não leu os dois primeiros livros da trilogia. Confira a resenha do primeiro volume AQUI e do segundo volume AQUI.

A rotina de Sonea se tornou bem menos caótica após derrotar seu rival Regin na frente de todo o Clã, em meio a um duelo público. Agora ela era respeitada e reconhecida pelos colegas e professores. E alguns aprendizes até mesmo tentaram se aproximar. Contudo, sua atual posição não permitia que fizesse amigos.
Ela, Rothen e Lorlen ainda permaneciam reféns do poder de Akkarin. Não havia nada que pudessem fazer. A força que a magia negra concedera ao Lorde Supremo era maior que o poder de qualquer outro mago do Clã. Desafiar Akkarin naquele momento poderia significar a devastação de todos. Até que Sonea presencia algo na câmara subterrânea da residência do mago negro. A partir desse momento dúvidas começam a surgir sobre o real proposito de Akkarin. Será verdade a história que ele contara? Existiria realmente um antigo inimigo do Clã a espreita, pronto para destruí-los, ou tudo não passava de um grande engodo de seu mentor para envolvê-la em suas práticas obscuras? Independente das respostas, uma coisa era certa: dias sombrios se aproximavam do Clã.
"Akkarin se colocou em pé. A bainha de sua túnica preta resvalou pela mão dela. Sonea levantou os olhos para ele e sentiu uma estranha mistura de medo e respeito. Ele havia matado muitas vezes. Ele havia aprendido e usado a magia mais sombria." Pág. 118-119
Ceryni é agora alguém reconhecido entre os Ladrões. Sua conduta e o apoio de uma influente figura garantiram seu status entre os maiores do submundo de Kyralia. Mas sua missão ainda não está terminada. Os estranhos assassinatos continuam a assolar toda a cidade. Ele tem que continuar caçando os culpados. Cery não sabe ao certo o que está acontecendo, mas desde que suas ações continuem ajudando a proteger Sonea e a Favela, ele estará disposto a qualquer coisa.
Em Elyne, Dannyl permanece como Segundo Embaixador do Clã. Além de suas funções diplomáticas, ele dá seguimento as pesquisas sobre magia antiga, agora feitas com o consentimento do Lorde Supremo. Para ajudá-lo continua contando com a ajuda de Tayend de Tremmelin, seu assistente e com quem mantém um relacionamento secreto.

Quando um grupo clandestino que estuda magia sem autorização do Clã consegue alguns avanços, Akkarin pede que Dannyel os leve a julgamento. Para isso ele precisará conquistar a confiança dos rebeldes. Assim, Dannyel acaba deixando seu amor por Tayend transparecer. No momento certo Akkarin contaria a todos que tudo fora encenação para chegar ao grupo ilegal. Mas até que ponto o Clã dará credibilidade os seu Lorde Supremo e ignorará os comentários que chegam todo dia sobre as inclinações de seu segundo embaixador?

"Ele sorriu. Ela sentiu as mãos dele deslizarem em torno de seus quadris. Conforme ele a puxou para mais perto, ela decidiu que suas perguntas podiam esperar. Ela o alcançou e traçou uma curva nos seus lábios com a ponta do dedo. Ele se inclinou para a frente e sua boca encontrou a dela, e todas as perguntas foram esquecidas." Pág. 387
O momento do embate final se aproxima e antigas condutas precisarão ser questionadas. Segredos serão revelados, alianças feitas, amores inesperados surgirão e antigos preconceitos deverão cair por terra. Mas talvez nem todas essas mudanças possam livrar Kyralia e o Clã da completa destruição.

* * *
Antes de escrever essa resenha pensei bastante no que iria contar. Afinal, é muito difícil falar de um livro como esse sem revelar pontos cruciais. Acontece que a trama de O Lorde Supremo segue um caminho totalmente inesperado. Logo no inicio a autora traz a tona todos os segredos do misterioso Akkarin. O que foi revelado em si não me surpreendeu tanto, pois meio que já esperava algo do tipo, mesmo assim gostei bastante.

E a partir desse ponto a história entra em um ritmo alucinante. Li a primeira parte bastante rápido, ávido por tudo que estava acontecendo. Sonea continuou me encantando e entrou para meu top de melhores protagonistas. Akkarin rouba a cena em diversos momentos e Cery está de volta. O personagem praticamente não aparece no livro anterior, mas nesse tem um papel muito importante, e desempenha tudo muito bem.
Agora, a segunda parte deixou um pouco a desejar. Aqui acontece o contrário em relação ao primeiro livro. O Clã dos Magos começa lento, mas se desenvolve rápido na segunda parte enquanto O Lorde supremo segue o caminho inverso. Quando as coisas estavam no ápice, a autora meio que dá uma enrolada, enchendo o livro de cenas e discrições desnecessárias.  E foi nesse ponto que minha avaliação do livro, que até então era cinco estrelas diminuiu.

O que mais me frustra é que a autora poderia ter usado esse espaço para desenvolver melhor a guerra que acontece. A calmaria acabou me colocando no piloto automático, já estava lendo sem esperar tanto. E quando ela resolve agitar as coisas, faz tudo rápido demais, sem aprofundamento. Mesmo assim a obra tem um desfecho bem aceitável.
Algo que vale a pena ressaltar sobre o trabalho Trudi é que nos três livros ela usa da fantasia para discutir assuntos bastante reais. Preconceitos são frequentemente abordados, principalmente ao tratar da discriminação sofrida por Sonea apenas por pertencer a uma classe social mais baixa. Merece destaque também o relacionamento entre Dannyl e Tayend. É triste ver como os rapazes foram obrigados a reprimir o que sentiam um pelo outro devido a intolerância da sociedade irmandiana. Sem falar os lonmares, que puniam homossexuais com a morte. É triste, mas é fantasia, certo? Errado! O pior é que isso acontece gente, em maior ou menor intensidade, mas acontece.
 
E falando de coisas menos densas, amei a edição dessa trilogia. As capas seguem todas o mesmo padrão, as cores de cada volume são harmônicas e a lombada é toda alinhada. Fica lindo na estante. Tirando alguns erros de digitação e diagramação, a edição é perfeita. Mérito para a editora.





 O Lorde Supremo, apesar dos pontos negativos, encerra bem a trilogia.  No final há um prólogo, que fala um pouco sobre o futuro de todos os personagens. Foi bom saber como a vida de cada um se arranjaria. E para não me estender mais, afinal essa resenha está quilométrica, indico a todos que gostam de uma boa trama, repleta de magia e intrigas.
 
A Trilogia do Mago Negro:

Livro 01 - O Clã dos Magos
Livro 02 - A Aprendiz
Livro 03 - O Lorde Supremo

21 comentários:

  1. Querido, eu não li a resenha porque ainda não comecei a leitura da série, mas tenho todos os três. O problema é que gosto de ler sagas de uma vez só, e como juntando os três a quantidade de páginas é absurda, acabo adiando por conta da falta de tempo! :/ mas em janeiro eu leio! HUHAUAHAU

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mandy,

      Sem problemas, quando ler posta resenha lá no Escolhas para eu saber o que você achou.

      Beijo.

      Excluir
  2. Tenho muita vontade de ler essa série! Quando me tornei parceira da NC recebi "O lorde supremo" mas meu namorado tanto insistiu que dei ele de presente. Acho ótimo que a série consiga surpreender a cada livro!

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  3. Oi Maressa,

    E surpreende mesmo. É uma trilogia muito gostosa de ler. Assim que puder não perca a oportunidade.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Ei Jeferson,

    Ah eu amei o terceiro, nem achei parado, gostei muito de tudo e me surpreendi com o final. ^^
    Realmente, as edições são lindas!
    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nanda,

      Ah,eu achei, especialmente o início da segunda parte. Mas gostei de todo o resto.

      Abraços.

      Excluir
  5. Ainda não terminei o livro, mas já sei como termina, e sinceramente não gostei, o livro é ótimo, mas não precisava terminar do jeito que termina
    Abraços
    Pah

    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Pah,

      Para mim o problema não foi nem tanto o final, e sim o desenvolvimento. Mas curti a maior parte do livro.

      Abraços.

      Excluir
  6. Jeferson, não li a resenha por causa do alerta de spoiler. Já te disse que quero ler essa trilogia, e minha vontade só aumentou quando você disse que a qualidade melhora a cada livro. O problema é quando conseguirei ler. :/

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi,

      A Trudi de fato surpreende com essa trilogia. Tirando os momentos parados os três livros são muito bons.

      Abraços.

      Excluir
    2. Vai de vez pra lista então. :)

      Ah, te indiquei pra uma tag. Mas não precisa responder se não quiser, tá?

      Abraço!

      Excluir
    3. Oi Gabi,

      Vou dar uma olhadinha lá no C&V. Obrigado pela indicação. Responderei assim que puder.

      Abraços.

      Excluir
  7. Tenho só este último volume desta trilogia, preciso urgente comprar os dois primeiros livros pois estou doida para ler! Não li a resenha toda por conter spoiler, li apenas o finalzinho da resenha e já fiquei com mais vontade ainda de ler!

    Beijos,
    Dani
    http://chabiscoitoseumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani,

      Leia mesmo, essa trilogia é uma ótima pedida.

      Abraços.

      Excluir
  8. Oie, vim te visitar e seguindo =D
    Gostei muito da tua opinião, quero ler essa série, ainda não li nenhum nem os tenho.

    Beliscões carinhosos da Máh :)
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mah,

      Obrigado pela visita. Leia assim que puder.

      Abraços.

      Excluir
  9. Oi vim te visitar e ja seguindo
    Oh que capas lindas!!! *_* Eu amei, amei. Vou por na minha listinha de desejados
    bjos

    valmedrado16.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Val,

      Obrigado pela visita. Sim, as capas são perfeitas. Ao vivo são mais lindas ainda.

      Abraços.

      Excluir
  10. Tenho que criar vergonha na cara e terminar de ler essa série
    Estou com todos aqui, mas só li o primeiro

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angela,

      O tamanho dos livros não ajuda muito né. Mas assim que puder leia mesmo.

      Abraços.

      Excluir
  11. Oi Jeferson,
    tudo bem?
    Eu sou fã de Harry Potter e adoro livros sobre magia e fantasia. Essa trilogia já estava na minha lista. Quero muito ler. Uma pena que o desfecho não tenha correspondido às expectativas.
    Mas vou ler assim que tiver uma oportunidade.
    Quanto a resenha, muito bem escrita. Parabéns!!!
    Beijos.
    Cila- Leitora Voraz

    ResponderExcluir

Olá, obrigado pela visita!!!